Aguarde. Carregando informações.
05/06/2017 às 14h09

Força-tarefa do Governo leva donativos para a cidade de Chã Preta

Localizada na região da Zona da Mata alagoana, Chã Preta foi uma das 27 cidades atingidas e prejudicadas pelas chuvas que atingiram Alagoas nas últimas semanas. Por dois dias, o município recebeu atenção especial do Governo de Alagoas, por meio da sua força-tarefa, que movimentou centenas de servidores, levando atendimento e donativos à população.

Na quinta-feira (1º), o município recebeu visitas de servidores das secretarias de Estado do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj), da Saúde (SESAU), do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) e do Desenvolvimento e Assistência Social (Seades), com apoio do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar.

No primeiro dia foram realizadas reuniões com a prefeita Rita Tenório, para discutir os principais pontos da cidade prejudicados pelas chuvas, bem como visitas técnicas às áreas, que resultou num balanço das necessidades mais urgentes da população.

A prefeita Rita Tenório agradeceu a presença da equipe do Governo do Estado e lembrou que este é apenas o início de uma parceria para revitalizar as áreas afetadas no município.

“Chã Preta não está entre as cidades que foram mais prejudicadas, mas sofremos grandes avarias, e uma boa parte da população ainda está sofrendo. Receber essa ajuda emergencial está sendo fundamental e abre portas para que, nas próximas semanas, possamos viabilizar junto ao governador Renan Filho medidas que possam beneficiar a população e devolver a dignidade a muitas famílias”, disse Rita Tenório.

Os servidores retornaram nesta sexta-feira (2) para a cidade, levando atenção e donativos para os necessitados. “Estamos executando uma orientação do governador Renan Filho que nos engrandece como cidadãos, para integrar essa força-tarefa e dar total atenção aos municípios atingidos. Aqui em Chã Preta nós avaliamos com a prefeita Rita Tenório os prejuízos estruturais e sociais, para que possamos, de maneira emergencial, atender às necessidades da população”, afirmou a prefeita.

Em Chã Preta, as chuvas deixaram 13 famílias desabrigadas, que serão remanejadas de forma provisória, para barracas montadas no ginásio Nivaldo Vasconcelos. Além disso, 45 famílias precisam sair por estarem com suas casas comprometidas.

No município foram atingidas as comunidades Nossa Senhora da Conceição, Alto da Alegria, Rua Nova, Conselheiro Manoel Tenório, Teotônio Vilela e Frei Mathias na região urbana. Na zona rural, as áreas mais críticas são os povoados Santa Fé, Queimadinho, Mata Limpa, Serra Lisa, Caçambinha e Paraibinha.

Por meio de doações da população, empresários e atletas, as secretarias estaduais entregaram cestas básicas, roupas e água mineral.

Galeria de Imagens

Arquivos