Aguarde. Carregando informações.
09/06/2017 às 15h20

Municípios alagoanos receberão jovens estrangeiros da AIESEC

O Fórum de Gestores de Juventude, realizado no mês de maio, pela Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Selaj), abriu um leque de possibilidades. Uma delas é a parceria entre municípios alagoanos e a AIESEC, uma plataforma internacional para jovens desenvolverem as suas lideranças, por meio de experiências de intercâmbio.

A secretária Claudia Petuba enalteceu a troca de experiências e de cultura com a parceria. "Nosso papel também é unir as pessoas, órgãos e entidades, além de criar oportunidades, abrir portas de trabalho, trocar experiências e, neste caso específico, promover um intercâmbio cultural".

Para trazer os jovens intercambistas, um projeto deve ser apresentado contendo a organização, escola, órgão público ou entidade onde será realizada a parceria, bem como o público que será atendido, sejam crianças, jovens ou adultos.

Além disso, deverá se especificado o período de realização do projeto, que deve acontecer no período mínimo de seis semanas. Os intercambistas realizam o projeto no período de férias: de janeiro a março (início do ano) e junho a agosto (meio do ano), podendo ser escolhido mais de um período, a exemplo de janeiro/fevereiro e fevereiro/março.

Por fim, devem ser especificadas informações como o número de estrangeiros que deseja ter, para que seja executada a atividade, que os jovens devem trabalhar em dupla ou trio, porque, trabalhando em conjunto, o projeto consegue ser entregue com maior qualidade, local exato da realização do projeto e benefícios que serão repassados aos intercambistas, como transporte, quantidade e horários das refeições e os temas que serão abordados no projeto.

O projeto deve ser apresentado até o próximo dia 15, na Superintendência de Juventude da Selaj, no terceiro andar do Estádio Rei Pelé. A superintendente de Juventude, Maria Lucyelma, destaca a necessidade de interação entre municípios e a AIESEC.

“A importância dessa parceria, além da trazer jovens de todo mundo, é criar uma outra visão, troca de experiências e, claro, a motivação social que da parceria”, afirmou.

A AIESEC é uma organização global sem fins lucrativos, presente em mais de 113 países e territórios, formada por jovens universitários e recém-graduados, com o objetivo de desenvolver o potencial de liderança dos integrantes, para que eles impactem positivamente a sociedade. Isso tem sido feito através de experiências, oportunidades de liderança, de intercâmbio e de viver em um ambiente global de aprendizado.

Arquivos