Aguarde. Carregando informações.
28/09/2017 às 12h30

Rei Pelé recebe projeto para revitalização da escadaria da Catedral

O Estádio Rei Pelé foi invadido pela cultura e as artes plásticas. A artista plástica Marta Arruda, que completa 30 anos de carreira em 2017, é madrinha do projeto ‘Todos Pela Cidade’, que tem como objetivo revitalizar vários pontos da capital alagoana, com destaque para a escadaria da Igreja da Catedral, no Centro de Maceió. Para a execução do projeto, Marta Arruda conta com a participação de estudantes, professores, parceiros e a comunidade geral.

O projeto ‘Todos Pela Cidade’ tem várias ações a serem executadas na cidade, mas a escadaria Eustáquio Gomes de Melo, mais conhecida como escadaria da Catedral, é o foco principal do grupo. Todos os dias, o espaço reservado no Rei Pelé recebe turmas diferentes para a execução dos trabalhos de mosaicos nos azulejos.

A turma do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), liderado pela professora Caroline Plech, visitou a oficina e também deixou a sua contribuição, prometendo retornar ao espaço.

Coordenadora do movimento, Carolina Garabini destacou a importância de contar com a participação do público. “O movimento ‘Todos pela Cidade’ tem ligação direta com artistas, arquitetos e voluntários. Nosso objetivo é cobrir de mosaicos os espelhos da escadaria. A gente precisa de 1.600 azulejos, de 15x15cm. Cada pessoa faz, em média, um ou dois, cada vez que vem na nossa oficina, mas precisamos fazer mais, o quanto antes. Por isso precisamos envolver cada vez mais a população. Já conseguimos o grafite do muro, as plantas, as tintas, empresa de engenharia, postes de led, eucaliptos que servirão para as lixeiras. Não pedimos quantia em dinheiro, apenas que as pessoas queiram fazer parte do projeto”, afirmou Garabini.

Reconhecida em Alagoas, a artista plástica Marta Arruda não poderia ficar de fora de tal atividade e reforça o pedido para que as pessoas venham conhecer, fazer o trabalho e participar desta revitalização.

“É importante agregar a comunidade, pessoas de várias classes sociais e idades. Hoje podemos dizer que contamos com a participação da Selaj, na pessoa da secretária Claudia Petuba, de projetos como o Bombeiro Mirim, estudantes de arquitetura, professores e a comunidade de uma forma geral. A escadaria tem três vãos, 40 degraus, cada um de cinco metros. Acredito que, com esforço e participação de todos, faremos um trabalho muito bonito”, explicou.

Todos os dias, o espaço tem recebido turmas diferentes, atendendo ao objetivo inicial da administração do Estádio Rei Pelé, como explica a secretária do Esporte, Lazer e Juventude, Claudia Petuba.

“Desde que assumimos a gestão do Estádio Rei Pelé, compreendemos que o espaço deveria ter a sua utilização ampliada, tanto para o universo do esporte, como também para outras áreas, a exemplo de manifestações culturais e artísticas, disse a secretária.

Segundo ela, ao tomar conhecimento de que a artista Mara Arruda, que completa 30 anos de carreira em 2017, poderia ter o seu ateliê devidamente estabelecido aqui, não só para desenvolver as suas peças, como para oferecer cursos e oficinas gratuitas, para ensinar o seu ofício à comunidade, isso nos deixou muito satisfeitos. É gratificante saber que essas pessoas podem ampliar os conhecimentos, complementar a sua renda. Uma série de pessoas estão sendo atendidas pelo projeto e é importamte que toda a comunidade participe”, complementou.

Galeria de Imagens

Arquivos